NOTÍCIAS - DISQUE DENÚNCIA BAHIA

Mulher faz aborto e enterra feto no quintal de casa na Bahia

Salvador, 02/06/2014

A dona de casa Wbiliane Sayaka Santos de Oliveira, de 23 anos, foi autuada em flagrante na tarde desta quarta-feira (12) suspeita de ter provocado um aborto e enterrado o feto no quintal da sua residência, no loteamento José Jailton, no município de Tanquinho (a 158 km de Salvador).

O feto, de aproximadamente sei meses, foi encontrado dentro de um caixa de sapato enterrado embaixo de um pé de acerola. De acordo com a delegada Maurenice Fernanda Batista Lima, titular da delegacia local, a Polícia Militar recebeu uma denuncia anônima informando que a jovem teria enterrado um bebê ainda vivo no quintal.

Os policiais foram até a residência e confirmaram a denúncia, encaminhando a mãe para a delegacia. “Os policiais contaram que ela negou, mas após o feto ter sido encontrado confirmou o aborto, negando que tenha sido provocado”, disse.

A delegada informou, ainda, que Wbiliane disse na delegacia que não sabia da gravidez e que percebeu um forte sangramento e logo após colocou o feto para fora.

“Ela disse que ficou com medo de ser presa ou algo do tipo e enterrou o feto no quintal, mas insiste em afirmar que teve um aborto espontâneo, mesmo nós tendo indícios que comprovem o contrário”, afirmou o a delegada.

Um vizinho da dona de casa, que preferiu o não se identificar, informou que ouviu o choro do bebê, mas que, logo depois, o barulho parou, como se alguém o tivesse abafado. “Desconfiamos dela logo depois, pois vimos quando ela estava enterrando algo. Não tive coragem de denunciar, mas graças a deus alguém o fez”, contou.

Wbiliane tem um filho de seis anos e reside com familiares, mas no momento do crime ela estava apenas com o filho na residência. A criança presenciou tudo.  Ela foi autuada em flagrante por crime de aborto que prever penas de um a três anos de prisão, mas pagou fiança no valor de um salário mínimo e responderá o crime em liberdade.

Até o fechamento dessa reportagem, ela encontrava-se internada em observação no Hospital Municipal João Campos. O feto foi encaminhado para o Departamento de Polícia Técnica (DPT) de Feira de Santana.

“Vamos aguardar os laudos da necropsia, da pericia do local do crime e do exame que a mãe será submetida para sabermos se houve realmente um aborto provocado”, destacou a delegada.

Fonte: A Tarde

Matéria publicada originalmente 12.02.2014

Filha suspeita de abandonar idosa cega é presa na Bahia

Salvador, 02/06/2014

A polícia da cidade de Itiruçu (distante a 329 km de Salvador), na região no centro-sul da Bahia, prendeu nesta quarta-feira (12) uma mulher suspeita de abandonar a mãe de 92 anos em uma residência no município.

De acordo com informações da delegacia da cidade, a idosa, que é cega, foi encontrada, na segunda-feira (10) com sinais de maus-tratos em uma casa suja. Populares informaram que ela estava sem comer havia dois dias.

A filha da idosa, que não teve nome divulgado, havia saído da cidade, mas, pela manhã, retornou ao município para retirar a aposentadoria da mãe em uma agência bancária, onde foi surpreendida e presa após denúncia anônima.

Ela prestou depoimento na delegacia local à tarde. A polícia investiga, também, a informação de que ela seja alcoólatra, conforme relataram moradores da localidade.

A filha foi autuada e vai responder pelo crime de abandono. A mãe está internada no Hospital Municipal Pedro Pimentel Ribeiro, em Itiruçu. Não há informações sobre o estado de saúde dela.

Fonte: A Tarde

Matéria publicada originalmente 12.02.2014

PM, esposa e amante são suspeitos de fazer orgias com crianças em Riachão das Neves

Salvador, 02/06/2014

Uma professora foi presa acusada de fazer orgias com o marido, que é policial militar, a amante e os filhos desta, cinco crianças com idades de 5 a 13 anos. Maria de Jesus Borges está detida no Complexo Policial de Barreiras, no oeste baiano, desde a terça-feira (11). O soldado Joilson Lacerda Santana e Carla de Jesus dos Santos, apontada como sua amante também são suspeitos de pedofilia e fugiram. Segundo a denúncia, os três adultos faziam orgias com as crianças na casa onde moravam, em Riachão das Neves.

Além da prisão da professora, a polícia apreendeu em uma fazenda do soldado, perto do distrito de Caripapé, computadores, CDs, DVDs e pendrives, que passarão por perícia. A polícia começou a investigar o caso depois que uma das crianças contou a familiares os abusos que vivia – os crimes aconteciam há cerca de cinco anos, estimam – e estes denunciaram a situação.

As crianças eram obrigadas a fazer sexo com o trio e, além disso, também presenciavam cenas de sexo entre os pais, a amante e às vezes outros homens e mulheres. As crianças já foram ouvidas e a mais velha, de 13 anos, disse que sofre abusos desde que tinha 10. Além da casa da família e da fazenda, as orgias aconteciam também na casa da amante. Tudo era gravado e os pais obrigavam os filhos a assistirem aos vídeos pornográficos. A mãe das crianças soube da apreensão do material na casa do PM e fugiu. O soldado também fugiu – ele deve ser conduzido ao 10º Batalhão da PM quando for detido.

De acordo com a 11ª Coordenadoria de Polícia do Interior, que cuidou da investigação, o soldado era conhecido na cidade como uma pessoa tranquila, que não levantava suspeitas.

Fonte: Correio

Matéria publicada originalmente 12.02.2014


Página 205 de 210« Primeira...102030...203204205206207...210...Última »

@ 2017 - Todos os direitos reservados - Disque Denúncia Bahia - (71) 3235-0000 - 181 | DD181